Pavimento de concreto - uma boa solução ambiental

quinta-feira, 19 de março de 2009

por: Carlos Henrique Klein


Desde o início da corrida automobilística da indústria brasileira em seu primeiro salto, o Brasil se especializou em transportes rodoviários, cortando o país com rodovias. Da década de 50 até hoje, o asfalto predomina em nossa malha viária e sempre se apresentou como a alternativa mais rápida e barata para garantir o tráfego em nossas estradas.

Mas existe um grande problema nesse cenário, a validade do asfalto brasileiro já acabou faz tempo. Pelo menos na maioria das estradas de muitas regiões chaves para o trasporte, exigindo obras de reparação significativas, tornando inviável a recuperação completa da rede rodoviária. A saída definitiva para o problema das estradas brasileiras seria a demolição dos pavimentos e a reconstrução dos trechos antigos, com mais de 10 anos de idade. Mas utilizar o asfalto novamente seria vantajoso?

O concreto utilizado como pavimento possui durabilidade cinco vezes superior ao asfalto comum, sua fabricação reduz incrivelmente a utilização de derivados de pertróleo, provoca menor desgaste dos pneus (exigindo menor produção), menor esforço do motor dos automóveis (consequentemente menor liberação de gases), menor desgaste do veículo (levando economia ao usuário). Além dessas vantagens, na construção de pavimentos de concreto podem ser utilizados materiais reciclados, como a borracha de pneu triturada, e em alguns casos, pode-se utilizar a técnica de Whitetopping, que descarta a demolição do pavimento flexível anterior.

Somente em custos diretos, a construção de pavimentos em concreto, num período de dois anos, pode representar um valor 61% menor que a manutenção do piso asfáltico. Considerando os custos sociais, além dos valores de construção, manutenção e operação, os custos com acidentes tempo de viagens, redução em índices de poluição e a manutenção de veículos são muito significativos.

O IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas) afirma que as más condições das vias de tranporte podem elevar os custos de manutenção de veículos em 38%, o consumo de combustível em 58%, aumento no número de acidentes na ordem de 50%. Já de acordo com a CNI (Confederação Nacional da Indústria), cada real aplicado em melhorias das rodovias reduz em R$3,00 os custos de manutenção e operação de veículos.

Voltando às vantagens do pavimento de concreto, podemos ainda destacar:

1 - A cor clara do concreto favorece a visibilidade, provocando uma economia energética de até 60% em iluminação, em comparação com o asfalto;

2 - Pela aderência, o espaço de frenagem é reduzido em 40%;

3 - A economia de combustível pode chegar a 17%;

4 - Provoca menor variação de temperatura ao ambiente, na faixa de 5oC menor que o asfalto, minimizando o uso de ar condicionado e poluição nas cidades.

5 - Impede a percolação da água, protegendo lençois freáticos e mananciais.

Em resumo, o pavimento de concreto não é só economicamente viável, como também ambientalmente aconselhável.

1 comentários:

geraldo disse...

é incrível como um solução dessas, já utilizada em tantos países, ainda é tão pouco divulgada por aqui.

 
 
 

Receba nossas postagens

Receba os posts do Instituto 5 de Junho em seu e-mail!

Digite aqui seu e-mail:

Seguidores